Profissional | 03 mar 2020

Ser o que quiser: é coisa de menina, sim!

Seja na arte, no esporte ou em qualquer profissão, a presença feminina vem ganhando cada vez mais espaço, ainda que com muita luta. 

Em uma escala global, a liderança feminina ainda é sutil e demora a ser respeitada, mas avança no sentido positivo. Pessoas como Malala Yousafzai estão aí para provar que sim, é possível. Como a ativista paquistanesa citou, a educação, quando colocada em prática, não melhora apenas a vida de uma menina, mas o país todo: democracia, economia e estabilidade. 

Além dela, várias garotas já deixaram sua marca ao longo da história com suas personalidades fantásticas como Marie Curie (primeira mulher a ganhar um prêmio Nobel), Sarah Thomas (primeira mulher a arbitrar a National Football League – NFL) e a astronauta americana Christina Koch que, recentemente, bateu o recorde feminino de permanência no espaço, dentre tantas que nos fascinam. 

Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), em 2020 o Dia Internacional da Mulher terá como foco a igualdade de direitos, com o tema: “Eu sou a Geração Igualdade: concretizar os direitos das mulheres”. De acordo com a organização, as mulheres continuam subvalorizadas. Elas trabalham mais, ganham menos, têm menos opções e experimentam múltiplas formas de violência em casa e em lugares públicos.

No ramo da soldagem, não poderia ser diferente: por debaixo de uma máscara de solda e da roupa de proteção pode sim ter uma mulher forte, competente e que encara o mundo de um jeito mais belo. No dia a dia, nem sempre isso é reconhecido. 

O Mês da Mulher vem, mais do que tudo, para reforçar o quanto as mulheres, de todas as partes do mundo, merecem respeito, independente do que decidirem ser. 

A Boxer incentiva o respeito por vocês, que arrasam na solda e na vida. 

 

Fontes:


https://nacoesunidas.org/dia-internacional-das-mulheres-de-2020-tera-como-foco-a-igualdade-de-direitos/


https://www.pensador.com/frases_malala_yousafzai/


https://exame.abril.com.br/ciencia/astronauta-americana-bate-recorde-feminino-de-permanencia-no-espaco/


https://24.sapo.pt/vida/artigos/a-primeira-mulher-a-conheca-10-casos-em-que-esta-frase-foi-dita


https://revistagalileu.globo.com/Sociedade/noticia/2019/09/brasileira-e-primeira-ganhar-o-premio-jovens-campeoes-da-terra-da-onu.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *