A solda MIG MAG é obviamente uma evolução para os processos de soldagem, porém alguns problemas podem ainda estar inseridos a esse processo.

Você sabe quais são os problemas da solda MIG MAG em seu processo e não sabe como resolver?

Fique atento às dicas e conheça alguns erros que você pode estar cometendo em sua solda MIG MAG.

Para começar o processo de soldagem, você deve se preparar, treinar e aperfeiçoar sua técnica, para que você então se torne um ótimo soldador. Separamos os problemas por natureza, e dentro delas você encontrará as principais causas e soluções.

 

Problemas da Solda MIG MAG 

  • Porosidade

 

Causa 1

O metal que você vai escolher para trabalhar precisa estar completamente limpo de ferrugem ou tinta antes de iniciar a soldagem.

A solda em superfícies sujas está altamente sujeito à contaminação, problemas de porosidade ou falta de fusão.

Solução 1

Com uma esmerilhadeira e um abrasivo leve, remova a ferrugem e pintura da chapa que você irá soldar. Limpeza é crucial, então lembre-se também de limpar a área onde será fixado o cabo negativo.

Causa 2

A solda MIG MAG é mais sujeita à incidência de porosidade, pois conta apenas com a proteção gasosa, ou seja, qualquer variação no fluxo do gás irá afetar a qualidade da solda.

Solução 2

Tenha certeza de que a pressão do gás regulada é adequada ao processo. A pressão varia de acordo com a amperagem, diâmetro do arame, modo de transferência e à velocidade do vento principalmente em locais externos.

Fique atento à sistemas de ventilação em ambientes internos, eles também podem ser a causa de problemas.

Processos que geram escória como Eletrodo Revestido e Arame Tubular estão menos sujeitos a estes problemas da Solda MIG MAG. Portanto, para soldas em locais externos muitas vezes é recomendado que se use uma proteção contra o vento ou que atrapalhe o processo MIG MAG. A teoria diz que soldar quando ventos acima de 8 km/h estão presentes não é recomendado.

 

  • Aspecto do cordão

 

Causa 1

Um cordão de solda convexo indica que falta calor na poça de fusão.

Solução 1

Verifique se a tensão de solda é suficiente para a espessura da chapa e o arame utilizado. Outro aspecto característico de quando a tensão é insuficiente é a alta presença de respingos. O som da transferência metálica é uma das melhores maneiras para se verificar a regulagem correta.

Solução 2

Outra causa pode ser o sentido e o movimento da deposição de material feito pelo soldador.

 

  • Fusão Perfeita

 

Causa 1

Uma solda que não fundiu e uniu corretamente o metal base pode estar escondida sob um cordão visualmente bonito. Nesses casos apenas testes de inspeção de solda vão traduzir a real qualidade do cordão.

Solução 1

Aqui a única maneira de corrigir o problema é refazendo a solda com parâmetros de tensão e corrente de solda corretos.

 

  • Alimentação de arame instável

 

Causa 1

Roldana desgastada ou fora de tamanho.

Solução 1

Tenha certeza de que a roldana que está usando possui o canal por anda passa o arame da exata medida ou que esse canal não tenha sido afetado. Tenha cuidado ao determinar a pressão sobre o arame no canal do alimentador de arame.

Causa 2

Tocha fora de condições de uso.

Solução 2

Inspecione o corpo da tocha e o guia espiral para ter certeza de que não estejam oferecendo resistência demasiada para a alimentação do arame. A tocha é um acessório delicado, e por vezes sofre maus tratos pelos operadores. Então, usá-la como martelo ou picadeira é uma prática que certamente vai trazer problemas.

Causa 3

Temporizador ou solda ponto.

Solução 3

Algumas máquinas possuem um controle de tempo para facilitar na realização de cordões uniformes ou soldas intermitentes. Esses temporizadores quando ligados irão fazer com que o arco apague sem que o gatilho seja solto. Essa é uma causa constante de confusões no dia a dia de soldadores desavisados.

Causa 4

Bico de contato.

Solução 4

Obviamente o bico de contato deve ser trocado periodicamente, e isso depene do volume de solda realizado. Tenha certeza de que o bico seja do tamanho adequado para o arame e de que esteja em bom estado para garantir qualidade a sua solda.

 

  • Os erros cometidos no início 

 

Segurar a tocha longe demais do metal

Achar a posição correta é a primeira missão de um aprendiz. Se aproximar muito o bocal da chapa, ela se aquecerá demais. Por isso, se afastar muito, não haverá a proteção do gás na poça de solda e muitos respingos irão se formar.

Então, treine bastante e encontrará a altura correta.

Mover a tocha muito rápido

O movimento ideal da tocha está relacionado com a potência x velocidade desejada do arame. Isto é, aprender a fazer um movimento regular com a tocha e entender a potência/velocidade do arame que melhor se aplica a este movimento, é parte crucial do aprendizado.

Como o velho ditado diz:

A prática leva à perfeição!

Para que a qualidade da solda evolua, nada nem ninguém será mais importante que a experiência adquirida ao longo dos treinos diários.

 

 

Se você conseguiu resolver os problemas da solda MIG MAG com as soluções fornecidas nesse post, deixe nos comentários qual a sua opinião. E se você gostou, também comente!

Confira também os outros posts do nosso blog, aqui você encontrará tudo sobre o mundo da soldagem!

 

glossário de solda